Variação do preço de ações: entenda como isso funciona de uma vez por todas!

Para quem tem interesse em investir, o mercado de ações é, sem dúvida, uma área bastante interessante. Porém, a volatilidade no preço de ações traz alto risco a esse investimento.

A partir desse risco, muitos investidores iniciantes e, até mesmo, os mais experientes têm diversas dúvidas em relação à instabilidade no preço de ações.

Se você também tem duvidas, a seguir, responderemos algumas das principais perguntas sobre o assunto e será possível compreender, de uma vez por todas, a razão de o preço das ações ser volátil!

O que é mercado de ações?

De forma bem simplificada, podemos dizer que o mercado de ações é uma espécie de “leilão gigante”, no qual pequenas partes de propriedade de diferentes empresas são leiloadas — as ações.

No mercado de ações, funcionam as bolsas de valores, e as ações são comercializadas nas bolsas. Nessa negociação, investidores compram e vendem ações e, normalmente, o preço de uma ação é definido de acordo com a famosa lei da oferta e da procura.

Por que os preços das ações variam?

Como foi dito, o preço das ações pode variar, principalmente de acordo com a oferta e a demanda. Digamos que existem mais investidores interessados em comprar uma ação (ordem de compra) do que os interessados em vender (ordem de venda) — naturalmente isso fará com que o preço dessa ação suba.

Agora, se uma porção de ações está sempre disponível para venda (ordem de venda), mas poucos investidores se interessam em comprá-la (ordem de compra), novamente podemos observar a lei da oferta e da procura atuando, de modo que os preços dessas ações assumam valores mais baixos.

O que são ordens de compra e ordens de venda?

A ordem de compra é um comando que o investidor utiliza quando deseja comprar uma ação. Se existem muitos investidores interessados em uma mesma ação, automaticamente, existirão várias ordens de compra sendo realizadas e sendo acumuladas com o tempo. Com um número de ordens de compra superior ao número de ordens de venda de uma determinada ação, a tendência das próximas ordens de venda a serem realizadas é que sejam de maiores valores.

A procura maior por uma ação faz com que o investidor que está vendendo o ativo ou, até mesmo, a empresa, tenha nas mãos o controle dos preços. Assim, os valores dessa propriedade se tornarão cada vez mais caros.

Na situação contrária, ou seja, na qual o número de ordens de venda é superior ao número de ordens de compra, os investidores que estão emitindo ordens de compra, podem oferecer ou negociar os preços das ações por quantias mais baixas, já que quase não existe procura por essas ações. As empresas que necessitam vendê-las acabam pressionadas e abaixam o seu preço.

O que influencia na lei da oferta e da procura?

Problemas nas economias, tanto internacional quanto nacional, e problemas internos nas empresas são alguns exemplos que podem levar à alta ou à queda nos preços de algumas ações.

Crises financeiras dentro do país podem gerar influencias negativas, pois afetarão diretamente o desempenho empresarial, causando uma desvalorização das ações de uma companhia. Mas, se a economia caminha bem, certamente as empresas terão maiores capacidades de desenvolvimento, assim, muitos investidores serão atraídos à aplicação de dinheiro nelas, levando à valorização das suas ações.

Um outro motivo que também pode interferir negativamente no preço das ações de uma empresa é a passagem por um momento de crise de gestão interna.

Como podemos observar, o preço das ações pode variar bastante, devido a diversos fatores, e não somente pela lei da oferta e da demanda, como muitas pessoas imaginam.

Mesmo que uma empresa não esteja passando por um momento de crise, e as economias nacional e internacional estejam boas, um grande número de investidores que estão vendendo uma boa quantidade de ações de uma empresa pode fazer com que o preço de ações caia, se não houver demanda suficiente de compras. Isso acontece porque quem está interessado em vender acaba sendo forçado a abaixar o preço dos papéis — o que também ocorre em uma situação contrária.

O que você achou do nosso conteúdo? Gostou? Então compartilhe-o nas redes sociais para que seus amigos também possam dominar o assunto!

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.