Tesouro Selic: você realmente sabe como funciona?

Com o passar dos anos, fazer investimentos de renda fixa tornou-se uma opção possível para qualquer investidor.

Uma das aplicações mais interessantes para quem está começando é o Tesouro Selic, que até pouco tempo — início de 2015 — era conhecido como LFT (Letra Financeira do Tesouro) e ainda é comum encontrar lugares que o chamam dessa forma.

Confira o post que preparamos e saiba mais sobre o assunto!

Mas afinal o que é o Tesouro Selic?

O Tesouro Selic pertence ao Tesouro Direto, e tem por característica ser pós-fixado, o que significa que quem investe não consegue saber antes do seu vencimento quanto receberá de juros.

Outra característica é que o seu rendimento anual depende do valor por ano da taxa Selic. Como o preço do título é atualizado diariamente a partir da taxa Selic, é preciso dividir a taxa em pequenos valores diários, o que é chamado de taxa Selic Diária. Graças a isso, é possível antecipar quanto o título renderá.

Agora você deve estar se perguntando o que é exatamente essa taxa Selic. Bom, a taxa Selic, também chamada de taxa básica de juros, se refere a mais baixa taxa de juros válida na nossa economia. Por causa disso ela assume o papel de referência para os contratos, empréstimos e outras operações financeiras. Ou seja, quanto maior ela for, maiores serão os juros dessas operações.

Ela é determinada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (COPOM) por meio de reuniões a cada 45 dias. Em cada uma dessas reuniões o Comitê define se a taxa aumentará, permanecerá com o mesmo valor ou diminuirá.

Como investir e como comprar?

Como a aplicação mínima inicial é 30 reais e qualquer pessoa pode investir nesse título, a única exigência é que você tenha uma conta em uma corretora. É possível abrir essa conta, independentemente se você não quiser usar a que o seu banco oferece. Ressaltamos que geralmente as corretoras de banco costumam cobrar taxas mais altas.

A compra desses títulos costuma ser bastante simples. Ao entrar no site de uma corretora você encontrará uma área específica para escolher o título de sua preferência e então, é só confirmar e comprar. Assim que for confirmada, o dinheiro já é descontado de sua conta na corretora ou na sua conta-corrente. Você também pode comprar pelo site da BM&FBovespa, entretanto, é preciso estar vinculado a uma corretora.

Quando aplicar por meio do Tesouro Direto é necessário prestar atenção nas taxas que serão cobradas pelas entidades financeiras autorizadas. Elas são conhecidas como agentes de custódia e algumas tendem a cobrar até 2% ao ano, o que pode surtir efeito no seu ganho final.

imposto de renda cobrado nos títulos públicos é outro ponto a ser observado. O valor é quitado de acordo com a data do resgate. Por exemplo, se for em até 180 dias fica em torno de 22,5%, até 360 dias cai para 20%, de 361 até 720 dias vai para 17,5% e mais de 721 dias vai para 15%.

O Tesouro Selic é um ótimo título para você que está pensando em investir e não sabe por onde começar, não é um investimento caro, e é extremamente fácil de comprar. Além do mais, é uma opção mais viável do que a poupança por render muito mais e seu risco de calote ser mínimo.

Se você gostou do nosso post ou ficou com alguma dúvida, deixe o seu comentário. Estamos ansiosos para respondê-lo!

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.