Saiba em que países o poder de compra do Real é maior

Quem costuma viajar para fora do país está habituado aos trâmites para poder fazer compras no exterior: é necessário trocar o dinheiro pela moeda estrangeira, afinal, é mais vantajoso comprar à vista do que utilizar o cartão de crédito internacional e estar sujeito ao pagamento de impostos como o IOF.

O que pode dificultar um pouco a vida do viajante é que, na hora de trocar o dinheiro, existe uma diferença de valores entre as moedas. Isso porque o preço de cada moeda depende da quantidade disponível para negociação no mercado internacional, associada à demanda por tal moeda.

É por isso que algumas moedas estrangeiras são consideradas mais valorizadas do que outras, e isso pode ser um problema caso você precise trocar seus reais por dólares ou euros, por exemplo, já que essas moedas têm um valor muito mais alto em comparação com o nosso real. Trocando em miúdos, é preciso dispender vários reais a mais em troca dessas moedas, o que acaba tornando as compras feitas no exterior muito mais caras.

Entretanto, nem tudo é desvantagem na hora do câmbio! Neste post, vamos contar quais são os países em que o poder de compra do real é maior do que o da moeda local! 

O que é o poder de compra

Antes de tudo, é preciso definir o que comumente chamamos de poder de compra. O poder de compra nada mais é do que a capacidade do consumidor de adquirir bens e serviços com determinada unidade monetária, ou seja, se refere ao quanto se consegue comprar com aquela moeda. 

Como descobrir o poder de compra de uma moeda em determinado país

Para determinar o poder de compra de uma moeda é necessário descobrir o valor do salário mínimo no país em questão e, posteriormente, estimar o custo de vida do local, usando sites como o Expatistan.com e o Numbeo.com, por exemplo. 

Nem sempre é muito simples fazer essa comparação, já que certos países têm maior carga tributária do que outros, o que pode influenciar no cálculo do poder de compra. Para facilitar a tarefa, criou-se o chamado Índice Big Mac, que é calculado sobre o preço do sanduíche Big Mac em mais de cem países para mensurar o grau de sobrevalorização ou subvalorização em relação ao dólar. Como esse produto é o mesmo em qualquer lugar do mundo, o índice acaba sendo muito útil para apontar o poder de compra de cada país. 

A inflação e poder de compra 

A inflação também afeta no poder de compra. Em países que têm uma inflação muito elevada, o preço dos produtos e serviços sobem descontroladamente, e isso se reflete em uma moeda mais barata para compra no mercado internacional.

Portanto, em geral, quando a inflação está alta demais, isso pode indicar que o custo de vida local é mais caro. Consequentemente, o dinheiro tem maior poder de compra naqueles com países que estão com a inflação estável ou mesmo em queda. 

Os países em que o real tem maior poder de compra

Finalmente, eis abaixo a lista de países cujas moedas locais têm menor poder de compra do que o real. Esses podem ser boas escolhas de destinos se a ideia for viajar para fazer compras sem se descapitalizar. Lembrando que os valores estão em média, já que a cotação pode variar bastante. 

Argentina

R$ 1,00 = 6,72 Pesos argentinos

 

Rússia

R$ 1,00 = 17,02 Rublo

México

R$ 1,00 = 5,35 Pesos mexicanos

República Dominicana

R$ 1,00 = 13,97 Pesos dominicanos

Filipinas

R$ 1,00 = 14,40 Peso Filipino

Colômbia

R$ 1,00 =  786,69 Pesos colombianos

África do Sul

R$ 1,00 = 3,42 Rand

Tailândia

R$ 1,00 = 8,73 Bath

Egito

R$ 1,00 = 4,90 Libra Egípcia

Chile

R$ 1,00 = 170,92 Pesos chilenos

Como manter o poder de compra estável comprando dólar ou euro para viagens internacionais

Agora, se você quiser viajar para qualquer país sem ter que se preocupar tanto com o poder de compra do real, o ideal é ter em sua carteira algum investimento em dólares ou euros, seja adquirindo a moeda em espécie, seja colocando parte do dinheiro em aplicações específicas, como o Mercado de Forex, as ações da Bolsa de Valores americana ou os fundos cambiais. 

Se for investir no papel moeda em si, a dica é comprar quando a moeda estiver valorizada e fazer uma reserva para viagens, assim, será possível preservar o poder de compra e não precisa depender tanto de conversões complicadas e da variação cambial.  

E aí, já decidiu qual será o seu próximo destino de viagem internacional?

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.