Risco de um investimento e volatilidade

Entenda o que é o risco de um investimento!

Mesmo que se considerem os investimentos grandes aliados para o rendimento de suas economias, muitas pessoas preferem se manter distantes deste universo por medo de perder dinheiro. Quem nunca viu na TV ou leu no jornal sobre a queda de operações na bolsa de valores e outras notícias ligadas ao risco de um investimento? Ainda mais em tempos de crise, é natural que as pessoas fiquem mais cautelosas.

No entanto, é preciso saber diferenciar o que é comentado sobre os investimentos e o que realmente acontece neste cenário. De fato, sempre que uma pessoa investe, está correndo risco de perder seus recursos? Existem graus diferentes de risco de um investimento? Como se proteger disso?

Para descobrir as respostas para essas perguntas, continue lendo o texto!

Afinal, o que é o risco de um investimento?

Para se decidir adequadamente sobre qual investimento aplicar, é válido levar em conta a seguinte tríade: rentabilidade, liquidez e segurança.

Enquanto a rentabilidade importa na porcentagem de lucro que o investidor pode ter com a ação, e a liquidez na velocidade de sua iniciativa, a segurança diz respeito a variáveis que podem causar quedas bruscas nestas ações.

A segurança, portanto, lida com as interferências externas que dada aplicação pode sofrer, e que impactarão em seu valor.

Quais são os tipos de risco?

Na hora de investir, existe mais de uma forma de risco que uma aplicação pode ter. Leia aqui as principais!

Risco de mercado

O risco de mercado se caracteriza, em síntese, quando os fatores políticos, econômicos ou internacionais interferem na valorização ou desvalorização de uma ação. Nesta lista, pode-se instilar mudanças sobre as taxas de juros de um país, ou alterações bruscas no valor da moeda local, que reverberarão nos valores dos ativos daquele mercado.

Risco de liquidez

O risco de liquidez é causado pela escassez de compradores disponíveis para determinado investimento. Ele diz respeito à baixa de operações da aplicação, quando ela é vendida por um preço menor do que aquele pelo qual foi comprada.

O que o risco de um investimento tem a ver com sua volatilidade?

Na hora de falar do risco de investimento, é impossível não falarmos, também, sobre a volatilidade. Esse conceito representa estatisticamente as chances de uma ação cair ou subir em um determinado período de tempo.

O cálculo dessa volatilidade varia muito de mercado para mercado, porém, via de regra, é feito a partir de um estudo do histórico do ativo em questão. Com esse estudo, é analisado o desvio padrão das operações daquela aplicação no passado, a fim de definir a segurança para investidores futuros.

Quanto mais volátil um ativo for, maiores são as chances de ele estar suscetível a variações externas.

É possível, também, conjecturar a volatilidade relativa de um ativo, ou seja, sua volatilidade frente a fatores como o mercado, por exemplo. Nesses casos, usa-se o sistema beta, que utiliza o índice do mercado para fazer o cálculo.

Todo investimento é arriscado?

Em maior ou menor grau, todos os investimentos oferecem algum risco, no entanto, existem ações que são muito mais seguras do que outras. Aplicar dinheiro em investimentos de renda fixa, por exemplo, faz com que o risco dessas ações se aproxime da nulidade.

Em contrapartida, entrar no mundo da bolsa de valores é uma ação considerada arriscada para quem quer mais segurança nos investimentos, mas que dá ao investidor chances bem maiores de rentabilidade.

Uma forma de diminuir as chances de perder suas economias em um investimento é diversificando a sua carteira. Ao investir em ativos com pouca ou nenhuma relação entre si, o investidor terá uma garantia maior de que não perderá todas as suas economias de uma vez só, visto que a desvalorização de um investimento pode ser compensada pela valorização de outro.

Como você tem encarado o risco de investimento em suas operações financeiras? Para continuar atualizado sobre o tema, assine a nossa newsletter e receba novos conteúdos em primeira mão!

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.