Análise de investimentos - aprenda a fazer um bom relatório

Como produzir um bom relatório de análise de investimentos?

A análise de investimentos é essencial para ter sucesso nas aplicações financeiras e obter a melhor rentabilidade nas suas ações. Com uma adequada apreciação, é possível saber quais são os melhores setores e momentos para investir, o que amplia as chances de lucro da pessoa, seja física ou jurídica.

Para saber mais sobre o assunto, continue a leitura e descubra o que é necessário para se produzir um bom relatório de análise de investimentos!

Entenda o payback

O payback é um dos métodos mais populares de análise de investimento. O intuito deste método é descobrir em quanto tempo o investidor terá recuperado o valor inicial aplicado. O cálculo é simples: basta somar os ganhos auferidos do investimento, de tempos em tempos, até que ele resulte no montante total inicial. A liquidez do investimento está diretamente ligada ao método payback, uma vez que é ela que estipula o tempo para a recuperação do dinheiro.

A ideia principal do payback é a de que, quanto maior for o tempo de espera, menos atrativa é a aplicação. No entanto, é preciso cuidado ao usar esse método de análise. Por ser extremamente simples, ele não leva em consideração o fluxo de caixa e a variação monetária no período. A metodologia acaba calculando o tempo máximo que um investidor terá para receber seu retorno, sem levar em consideração as flutuações do mercado.

Saiba mais sobre o Valor Presente Líquido (VPL)

O VPL é um método de análise que cobre exatamente a carência do payback. Nele, é considerada a variação no valor monetário em um dado período, fazendo com que o valor inicial aplicado possa ser comparado às quantias atuais.

Nesse sistema, é descontada uma taxa sobre o fluxo de retorno da aplicação. Aquele valor, conhecido como taxa de desconto, diz respeito à quantia mínima que um investimento deve ter para ser considerado atraente para os investidores. Assim, se o VPL for maior que zero, acredita-se que o investimento será benéfico para a pessoa. Caso o contrário aconteça, o investimento pode não ser a melhor opção no cenário avaliado.

Avalie a Taxa Interna de Retorno (TIR)

O TIR é um dos métodos mais completos disponíveis no mercado. Por sua fórmula, calcula-se a taxa de desconto que um dado fluxo de caixa deveria ter para igualar a zero seu Valor Presente Líquido (VPL). Dessa forma, o TIR serve como um importante complemento para outras análises de investimento.

Aqui, o critério passa a ser a relação do TIR com a taxa de retorno desejada. Assim, se o TIR for maior do que a taxa, o investimento é considerado atrativo. Caso contrário, ele deve ser considerado inviável.

Desvende como fazer uma análise de investimentos

Existem analistas e profissionais no mercado, cuja função principal é auxiliar o investidor na hora de aplicar seus recursos. Porém, é importante saber que este não é o único recurso possível para aqueles que desejam fazer boas análises de investimento.

Hoje em dia há um grande aliado para a hora de fazer estas análises de investimentos: a tecnologia. Já existem aplicativos e softwares que tornam muito mais dinâmicos e fáceis os relatórios e análises, o que simplifica a vida dos investidores.

Há excelentes sistemas que fazem o gerenciamento de investimentos, levando em conta as diversas instituições financeiras existentes e a comparação de múltiplos ativos: esses são os melhores amigos dos investidores do século XXI. Se você tem interesse em utilizar estes serviços, entre em contato com o LiveCapital!

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.