Quando vale a pena investir em dólar?

Desde a implementação do Plano Real, vimos o dólar americano valorizar e desvalorizar diversas vezes em relação à nossa moeda. Em vista disso, um questionamento muito comum é: afinal, será que vale mesmo a pena investir em dólar? 

Sim, vale muito! Mas atenção! Antes de investir nessa moeda é preciso estar ciente de algumas informações. Quer saber quais são? Então é só continuar lendo! 

Há várias formas de se investir em dólares

Existem diversas maneiras de se investir na moeda norte-americana, como comprar dólar nos bancos, investir em fundos de investimento que trabalhem com dólar, investir no mercado futuro ou apostar no mercado Forex via corretoras online internacionais, já que a prática é proibida no Brasil.

Cada uma dessas alternativas oferece possibilidades e riscos diferentes, e é preciso levar em consideração todos os prós e contras antes de optar pela sua modalidade de investimento preferida. 

O mercado de moedas estrangeiras é gigantesco

Quem tem o costume de investir no mercado brasileiro se surpreende quando descobre o tamanho do mercado internacional de moedas, o Forex, onde investidores e empresas de todas as partes do globo compram e vendem dólares e outras moedas estrangeiras. Ele movimenta muitos bilhões diariamente e, por conta de sua complexidade, é difícil fazer previsões. Por isso, para quem pretende iniciar os trabalhos nesse campo, todo o cuidado é pouco. 

Considere o carry trade

Uma das operações mais conhecidas e utilizadas dentre os investidores que compram e vendem dólares é o carry trade, um tipo de arbitragem que utiliza as diversas taxas de juros que cada moeda paga. Vamos supor que um investidor pegue um iene (moeda japonesa) emprestado e compre reais. Considerando que a taxa de juros brasileira é muito mais alta do que a japonesa, o ganho seria inevitável. 

Como se trata de uma operação de arbitragem, o carry trade praticamente não oferece riscos, só é preciso ficar atento às flutuações que a cotação da moeda pode sofrer durante o processo. Por conta disso, trata-se de uma prática altamente disseminada por grandes fundos de investimento pelo mundo afora. Portanto, é uma ótima possibilidade a ser considerada pelos traders quando o assunto é investimento em moeda estrangeira. 

O mercado de moedas é fundamentado em probabilidades

Quando se trata de moedas estrangeiras, é preciso que o investidor saiba que probabilidades são o ponto-chave, tudo é relativo e depende de diversos fatores. Infelizmente, investimentos não são uma ciência exata e não há ainda um método infalível de se investir para lucrar sempre. Às vezes, algumas perdas são inevitáveis. 

O segredo é estudar o mercado e tomar medidas que garantam que as perdas não sejam tão expressivas quanto os ganhos. Por exemplo, na hora de comprar dólares, opte por fazê-lo quando a moeda estiver em queda e espere a valorização, que sempre ocorre. 

Perder também faz parte do jogo

Não há nenhuma operação de câmbio totalmente isenta de riscos, e você precisa estar preparado para perder algumas vezes, por maior que seja seu conhecimento e sua competência como trader. Por isso, cuide para comprometer somente o capital que você poderia perder, e nunca invista acima de suas possibilidades nesse tipo de transação. 

A ideia é que, ao invés de multiplicar o capital investido através de mais aportes financeiros, o investidor faça isso por meio de ganhos consistentes. Confie na sua estratégia e na sua experiência como investidor e não tenha medo de perder uma vez ou outra. 

Você está disposto a investir em dólares?

Agora que você tem mais conhecimento sobre o fantástico mundo dos investimentos em moedas estrangeiras, é possível definir se, afinal, investir em dólares é uma opção viável para seu perfil. Como já alertamos, esse tipo de operação não é isenta de risco, e é preciso saber exatamente até que ponto você deseja ir em busca de retornos financeiros. 

Existem muitas maneiras de se investir em dólar como pode ver, e cada uma delas tem suas peculiaridades, seus próprios níveis de risco e de comprometimento da parte do investidor. Para se dar bem nesse cenário, é fundamental estudar muito sobre o mercado, buscar informações atualizadas e estar disposto a perder de vez em quando. 

E aí, será que esse tipo de investimento é para você?

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.