Quais são os melhores investimentos para o perfil conservador?

O mercado de aplicações é um ambiente perigoso e cheio de armadilhas que podem levar os investidores ao prejuízo. Desse modo, é comum que a maioria prefira aplicar seu dinheiro em papéis seguros, procurando investimentos para um perfil conservador.

As opções de renda fixa são as mais indicadas nesses casos, porém, é preciso entender melhor os diversos produtos oferecidos para que se possa diversificar a carteira de investimentos com segurança.

Ficou interessado no assunto? Então, confira, nesse artigo, algumas das principais opções para investir com menos riscos!

1. CDB – Certificado de Depósito Bancário

É um dos investimentos mais comuns de renda fixa, pois possui garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), com taxas normalmente atreladas ao CDI, com valores bem próximos ao da taxa Selic, que podem ser pós ou prefixadas, porém, sofrendo incidência do imposto de renda (IR).

Normalmente, os valores iniciais para investir em um CDB variam de acordo com a instituição, ficando geralmente entre R$ 150 e R$ 1000. Outra vantagem interessante é que o CDB pode ter liquidez diária, dando ao investidor uma possibilidade de ter segurança com velocidade de conversão.

2. LCI – Letra de Crédito Imobiliário

Esse investimento, também de renda fixa, pode ser uma ótima escolha para diversificar a carteira de investimentos, pois, além de possuir garantia do FGC, tem um grande atrativo: a isenção de IR para pessoas físicas.

Geralmente, a LCI é feita de forma prefixada ou pós-fixada com prazos longos, no mínimo 6 meses, na maioria das instituições. Dessa forma, apesar de ter pouca liquidez, pode ser uma boa escolha para realizar grandes projetos e assegurar um retorno limpo sem a influência de taxas sobre a renda.

3. LCA – Letra de Crédito do Agronegócio

Esse investimento tem características bem semelhantes às da LCI. Suas maiores diferenças estão no destino do crédito. Enquanto a LCI funciona como captação de crédito para imóveis, a LCA tem como destino os projetos do agronegócio.

Também isenta de IR e assegurada pelo FGC, é uma opção bem atrativa. Geralmente, os prazos são longos, com taxas que podem ser pós ou prefixadas.

4. LC – Letra de Câmbio

A LC possui características semelhantes às do CDB, usando taxas de referência no mercado, como a Selic, podendo ser adquirida nas formas prefixada ou pós-fixada.

Por ser um investimento de baixo risco, a LC é bastante procurada pelos investidores de perfil conservador. As taxas são atrativas, há garantia do FGC e existe a possibilidade de rentabilidade diária. Uma boa escolha para manter a liquidez ao diversificar investimentos.

5. Fundos conservadores de renda fixa

Essa opção junta investidores que apenas investem em aplicações seguras de renda fixa, aumentando a segurança de cada participante. Apesar de a chance de calote se aproximar de zero, é cobrada uma taxa administrativa, além do IR.

Fora os altos níveis de diversificação planejada e a segurança, o fundo também apresenta a vantagem de ser acompanhado por um gestor especialista para identificar as melhores oportunidades e evitar as armadilhas de mercado.

6. Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa do Governo Federal que disponibiliza meios para a negociação de títulos públicos para investidores. Os papéis ofertados possuem alta segurança oferecida pelo Tesouro Nacional e podem ser adquiridos com um valor mínimo de R$ 30!

Segurança é um dos fatores que o investidor deve procurar em suas aplicações, e, ao diversificar sua carteira com investimentos para um perfil conservador, deverá planejar prazos diferentes para seus papéis. Desse modo, é possível encaixar da melhor maneira as necessidades de rentabilidade.

Gostou do conteúdo? Então, assine nossa newsletter e descubra ainda mais sobre como adquirir investimentos mais seguros!

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.