Investimentos em ano de eleição: saiba o que levar em consideração

Sabia que o seu investimento em ano de eleição pode apresentar comportamentos completamente diferentes do “normal”? As suposições de candidatos, histórias de corrupção que vêm à tona e inúmeras promessas.

Questões como essas influenciam na volatilidade e resultados das suas aplicações e do seu rendimento. Contudo, é possível que você esteja preparado quando está bem informado. Pensando nisso, separamos para você, o que pode afetar o seu investimento em ano de eleição. Confira!

Pesquisa eleitoral

As pesquisas e indicadores na corrida eleitoral impactam diretamente na cotação do dólar e na perspectiva da Bolsa de Valores. Com as especulações de preferência em determinado candidato, esses indicadores podem apresentar queda ou elevação.

Essa elevação ou queda é interferência de situações legais dos candidatos, taxas de rejeição e até mesmo em relação às suas propostas de candidatura. Então, sempre que uma pesquisa apresentar um resultado ou muita instabilidade, com certeza você sentirá diferença na Bolsa de Valores e na cotação do dólar.

Investimentos do governo

Investimentos que buscam recursos para a construção civil, obras de melhorias e setor comercial do país podem apresentar elevação, já que são de interesse do governo. Investimentos como debêntures incentivadas podem ser um ótimo aliado dos candidatos que buscam visibilidade.

Essa atitude influencia na decisão final do eleitor e na sua, que terá melhores possibilidades de investir nesse tipo de aplicação. Sendo assim, aproveite o momento, mas tome cuidado para quando o período eleitoral passar você não ser prejudicado pela ociosidade do investimento.

Apesar disso, essa especulação não é uma regra, pois, diversos candidatos podem colocar os seus recursos em outros tipos de obras e a consequência é a diminuição de alguns tipos de investimentos.

Candidatos

Como disse, o seu investimento em ano de eleição é fortemente influenciado pela especulação de qual candidato poderá levar o posto. Segundo alguns levantamentos da Datafolha, mesmo com todas as denúncias e processos, o ex-presidente Lula lidera as intenções de voto. Com isso, a bolsa poderá fechar com índice negativo, assim como a Ibovespa.

No entanto, a especulação de grande parte dos investidores é de que se o atual prefeito de São Paulo, João Doria, ganhasse, a Ibovespa avançaria e apresentaria bons resultados. Também é vista como positiva a possível vitória do candidato Geraldo Alckmin.

No entanto, com as especulações em nome de Jair Bolsonaro, os investidores acreditam que a Ibovespa recuaria para baixo de 55 mil pontos, apresentando baixa e deixando a desejar em seus resultados.

Oportunidades

Apesar de que o seu investimento em ano de eleição apresente alta volatilidade e oscilações diante das diversas especulações, esse pode ser um momento de oportunidades. Essa é a chance da população cobrar e decidir o modelo de Estado.

Sendo assim, ajustes fiscais precisam ser feitos para que o país comece a “andar” e beneficie você não só como investidor, mas como parte da sociedade que busca por melhorias e diminuição nas taxas de desemprego e pobreza do Brasil.

Segundo Luiz Carlos Trabuco, presidente do conselho de administração do Bradesco, a recuperação da economia e o aumento do volume de crédito poderá compensar a queda das margens, que foram ocasionadas pela diminuição da Selic.

Considerando que o investimento em ano de eleição pode ser afetado, o que devemos fazer, como cidadãos, é escolher com consciência e dar mais valor ao nosso voto, pois, é ele quem determina muito do andamento do país e isso afeta diretamente a sua rentabilidade e resultado das aplicações.

Precisa mostrar resultados mesmo em tempos de eleição? Confira nosso post e veja como trabalhar nesse período.

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.