Dividendos – Como investir e lucrar com eles

Os dividendos são parte do lucro de uma empresa e, se você souber como investir, pode lucrar muito com eles. Os acionistas de determinadas empresas, ao comprar suas ações, automaticamente se torna sócio delas e, consequentemente, fica apto a receber pelo menos 25% dos lucros mas, dependendo da empresa, essa porcentagem pode ser muito maior. Portanto, os dividendos são uma oportunidade imperdível de enriquecer com ações.

Para ganhar dinheiro com os dividendos, existem duas estratégias. Uma delas é utilizá-los para aumentar seu patrimônio, ou seja, reinvestem o valor recebido dos dividendos (que, por sinal, são isentos de imposto de renda) comprando mais ações da mesma empresa. Outra estratégia é investir esses valores e, assim, transformar os dividendos em uma fonte de renda. De acordo com seus objetivos como investidor, pode ser mais lucrativo optar por uma ou outra dessas opções. Seja qual for sua escolha, não se pode negar que os dividendos podem ser ótimos negócios. 

É preciso ter em mente, porém, que nem toda empresa paga dividendos. Algumas não conseguem obter lucros expressivos o suficientes para isso, e precisam reinvestir todo o valor lucrado em operações da empresa. Por outro lado, há outras empresas que pagam altas porcentagens de dividendos aos seus acionistas, mensalmente, trimestralmente ou anualmente, de acordo com as políticas da empresa. Portanto, é preciso ser criterioso na hora de escolher as melhores empresas para se investir.

Para saber quais as empresas são melhores pagadoras, é necessário observar certas características. Em geral, elas costumam ter boa geração de caixa, baixo índice de endividamento, altas margens, e fluxo de caixa previsível, e normalmente há barreiras à entrada no mercado em que elas atuam, o que ajuda a proteger da concorrência elevada e, consequentemente, diminuir a lucratividade. 

A maneira de calcular os dividendos pode variar. Em geral, os dividendos a serem pagos aos acionistas são calculados como um valor por ação, ou seja, o valor que você receberá depende do número de ações daquela empresa que possui. Para ficar mais claro, tomemos um exemplo fictício. Se você tiver 100 ações de uma empresa que pague, anualmente, R$3 de dividendos por ação, isso significa dizer que seus ganhos serão de R$300, ou seja, R$3 por ação x 100 ações da empresa.

Porém, esse cálculo também pode ser feito em termos da porcentagem do preço vigente da ação na Bolsa. Por exemplo, se a empresa estabelecer que o dividendo será de 2%, isso corresponde a 2% do valor atual de suas ações.  Então, para saber quanto efetivamente você vai ganhar, é necessário multiplicar esse valor pelo número de ações que você tem. Outra maneira de calcular os lucros em dividendos é por meio do  Dividend Yield, o dividendo anual previsto pela ação de uma empresa, dividido pelo preço atual da ação. 

Como você pode perceber, os dividendos podem gerar muito dinheiro para quem souber investir, mas é preciso cautela para fazer as melhores escolhas. Hoje, a forma mais segura de se fazer isso é utilizar ferramentas capazes de gerenciar os investimentos. O LiveCapital é um gerenciador universal online que permite ao investidor controlar suas ações, derivativos, fundos e outros ativos em um só local, de forma online e segura. Quer saber mais? Visite nosso site e encontre a solução perfeita para você.

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.