Corretora de valores – Leia essas dicas antes de escolher a sua

Investir por meio de uma corretora de valores é sempre a melhor opção, já que elas garantem a segurança e ainda conseguem uma boa rentabilidade dos seus investimentos. As corretoras acabam sendo mais vantajosas do que os bancos, pois contam com uma variedade de investimentos muito maior além, é claro, de proporcionar maior liberdade: é possível investir sem sair de casa, por exemplo, visto que todas as operações são feitas online. 

Com uma corretora de valores, é mais fácil encontrar uma opção que atenda aos seus objetivos e expectativas e aumentar o seu capital de forma mais rápida e sem muitos esforços. O problema é: qual corretora escolher? Existem inúmeras opções no mercado e nem todas são indicadas para o seu perfil. Por isso, nesse post, vamos tirar as principais dúvidas sobre corretoras de valores e dar dicas certeiras para não errar na hora de escolher a sua!

Para início de conversa: o que é uma corretora de valores? 

 

Uma corretora de valores é uma instituição que atua no mercado financeiro, intermediando as transações dos investidores, uma vez que as pessoas físicas não têm acesso direto aos investimentos e precisam que a corretora faça a ponte entre elas e o mercado, oferecendo aplicações e processando as ordens de compra ou venda. 

Essa entidade funciona como uma grande loja de produtos financeiros, em que o investidor consegue adquirir títulos públicos do Tesouro Direto, Certificados de Depósito Bancário (CDBs), Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), entre outros títulos e valores.

É muito seguro investir por meio das corretoras de valores, visto que tanto o Banco Central (Bacen) como a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fiscalizam essas instituições, garantindo o bom funcionamento das corretoras e conferindo mais segurança para o investidor. Vale dizer que, antes de escolher a corretora ideal, é preciso se assegurar de que ela esteja autorizada a atuar no mercado, visto que elas são regulamentadas.  

Mas nem só de vender produtos de investimentos vive uma corretora. Elas também prestam outros tipos de serviços, como a assessoria técnica, a administração da carteira de ativos e a formação de fundos de investimento. Como você pode perceber, elas desempenham um importante papel e, por isso, devem ser escolhidas com muita cautela.

Agora que você já sabe o que faz uma corretora de valores, vamos explicar como selecionar a sua sem correr riscos! 

Como escolher a melhor corretora de valores?

Na hora de escolher a melhor corretora de valores, que atenda às suas demandas e caiba no orçamento, é preciso levar em consideração diversos fatores, como a diversidade dos produtos oferecidos, os custos operacionais, disponibilização de assessoria técnica, a oferta de plataformas de negociação pela internet, entre vários outros a serem observados. O importante é analisar os critérios com base em seu perfil de investidor e nas suas demandas específicas.

1 – Analise a relação de custo x benefício

Antes de bater o martelo, é preciso analisar os custos da corretora e compará-los com os benefícios oferecidos por ela. Às vezes, pode ser melhor optar por uma que cobre taxa de administração um pouco mais alta mas que ofereça um bom suporte, por exemplo. Por isso, o preço não deve ser a única variável a ser considerada nesse momento: analise o cenário como um todo, verifique se as corretoras em potencial oferecem os serviços de que você precisa e se contam com uma assessoria para evitar contratempos

2 – Priorize a segurança

Mexer com dinheiro é coisa séria, por isso, a segurança é fundamental na hora de escolher a corretora de valores. Você precisa ter certeza de que as suas aplicações estão sendo intermediadas corretamente, portanto, além de se assegurar de que ela tem permissão para atuar no mercado financeiro, também é bom procurar feedbacks e pesquisar sobre a credibilidade da corretora e a segurança das transações antes de fazer sua escolha. 

Além disso, para saber se uma corretora de valores é confiável, você pode pesquisar se ela é um agente integrado de investimentos no site do Tesouro Nacional. Você também pode verificar se ela possui certificados, como o da Cetip | Certifica, que registra todos os investimentos sob a sua custódia. 

3 – Busque um atendimento ágil e preciso

Para que as transações tenham o máximo de proveito, é importante que qualquer imprevisto seja prontamente resolvido, e eventuais dúvidas sejam tiradas o mais rápido possível, otimizando os investimentos. Em uma boa corretora, a equipe de atendimento deve ser ágil, proativa e assertiva, sempre pronta a ajudar os investidores em suas necessidades, o que facilita o processo de tomada de decisão. 

4- Verifique os serviços fornecidos

Um dos fatores que deve ser levado em conta são os benefícios oferecidos pela corretora que realmente estejam alinhados com o seu perfil e efetivamente sejam úteis para você. Não adianta, por exemplo, optar por uma corretora que ofereça taxas baixas de corretagem na intermediação de negócios com ações se você não tiver a pretensão de entrar nesse mercado. Se você costuma investir em títulos públicos, é fundamental comparar as taxas cobradas para tal modalidade, assim você consegue reduzir os custos operacionais. 

No fim das contas, é preciso levar em consideração sobretudo os fatores que podem causar maiores impactos em seus resultados. Por isso, a corretora perfeita para um investidor pode ser ruim para outro. 

5 – Atenção à qualidade da plataforma de investimentos

Na hora de escolher uma corretora, avalie também o ambiente no qual acontecem as negociações, afinal, se a plataforma for instável, lenta, pouco intuitiva, ou apresentar baixa qualidade, as transações poderão ser prejudicadas. 

Por isso, preste atenção à usabilidade e à agilidade da plataforma disponibilizada antes de fazer sua escolha e, se possível, faça testes nas plataformas de diversas corretoras

 

Esperamos que essas cinco dicas tenham sido úteis para você escolher melhor a sua corretora de valores. Compartilhe esse post e ajude outras pessoas que precisem ler sobre isso também! E é claro, independente da corretora escolhida, conte sempre com a ajuda do Livecapital para gerenciar a performance dos seus investimentos

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.