Aproveite a queda dos juros e comece a investir!

Em setembro 2017, o Banco Central diminuiu a taxa básica de juros da economia, a Selic, para o menor nível desde maio de 2013. A tendência é continuar baixando o índice, que chegou a atingir mais de 14%.

Para quem deseja fazer o dinheiro render, saber como começar a investir para aproveitar esse momento é fundamental. Como essa taxa está atrelada a vários investimentos, é comum que muita gente não saiba o que fazer para ter os melhores efeitos nessa fase.

Para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto, continue lendo e veja como agir!

Por que a queda nos juros é positiva?

Uma época de queda de juros pode ser muito positiva para quem tem pretensões de saber como começar a investir. Em primeiro lugar, com a diminuição desse índice, há maior poder de compra e melhor acesso ao crédito. Basicamente, as aquisições e as contratações ficam mais baratas para todos na economia.

Como as empresas precisam gastar menos para acessar financiamentos, por exemplo, passam a ter uma queda nos custos. Com isso, podem diminuir os preços para aumentar a competitividade, de modo que o consumidor paga valores menores.

Isso permite que você mantenha o padrão de vida tendo um gasto menor, o que leva a “sobras” no orçamento. Sabendo administrar corretamente suas finanças, é possível economizar um montante maior para fazer aplicações. Além disso, a diminuição nesse valor também torna algumas opções mais baratas e/ou rentáveis, estimulando a aplicação de recursos.

Como começar a investir nessa situação?

Para começar a aplicar o dinheiro, é importante buscar conhecimento, antes de tudo. Assim, aproveitar esse momento de queda da Selic será muito mais fácil. Acompanhe o mercado com dedicação, de modo a entender quais são os planos do Comitê de Política Monetária (Copom) para a taxa e como a economia vem reagindo a essa situação.

Além disso, outras orientações são úteis. Entre elas, estão:

Entenda quais opções saem favorecidas

Para saber como começar a investir, nesse cenário, é preciso compreender qual é a influência dos juros nas aplicações. Opções como Tesouro Direto, CDB e poupança são proporcionalmente dependentes da taxa. Ou seja, quanto maior ela for, melhor é a rentabilidade. Com isso, a queda afeta o retorno delas.

Porém, mesmo esses investimentos têm boas escolhas. Um CDB de banco pequeno ou médio, por exemplo, oferece maiores riscos, mas paga acima de 100% do CDI. Com isso, é possível compensar a queda dos juros, tendo um bom retorno.

Também pode ser o momento de investir no Tesouro prefixado. Com condições adequadas e possivelmente melhores do que as taxas do futuro próximo, essa é uma forma de conseguir bons resultados.

Volte a atenção para o mercado imobiliário

Quem sai extremamente favorecido da queda da taxa de juros é o mercado imobiliário. Como o crédito fica mais barato, ele se torna acessível e a tendência é que um número maior de pessoas comece a comprar casas e apartamentos.

Para aproveitar essa onda, vale investir desde já. Ao comprar um imóvel na planta, por exemplo, você aproveita a valorização natural desse investimento e aquela que será trazida pela queda nos juros. Para melhorar a atuação, vale procurar fundos de investimentos imobiliários, de modo a favorecer a liquidez e a rentabilidade.

Busque o investimento em ações

A queda de juros, normalmente, estimula o consumo e faz a roda econômica girar. Quando esse índice cai, há indícios de que a economia caminha para a recuperação.

Para empresas, isso significa maiores demanda, produção e faturamento, além de mais lucros para acionistas. Portanto, esse momento de queda é uma excelente chance para investir em ações de empreendimentos promissores.

Aplicar o dinheiro em fundos de ações é uma ótima oportunidade, diluindo os riscos e aumentando o potencial de rentabilidade.

Reconhecendo essas dicas de como começar a investir, aproveitar a queda de juros poderá trazer efeitos incríveis para o seu patrimônio. Portanto, prepare-se desde já para esse movimento de queda e faça o dinheiro trabalhar para você.

Para ter mais dicas sobre finanças e aplicações, curta nossa página no Facebook. Esperamos você!

Sobre o Autor

LiveCapital

LiveCapital é um gerenciador de investimentos que ajuda você a controlar online todas as suas ações, derivativos, fundos, renda fixa e outros ativos.